Este é um blog dedicado exclusivamente para o caipira, sua música, seus causos enfim tudo que tenha a ver com a vida simples do homem do campo. Aqui vc vai encontrar links para sites que tem interesse no resgate e preservação deste estilo.

segunda-feira, dezembro 17, 2007

Prezado Apreciador:
É com satisfação que convido-o mais uma vez a visitar o www.boamusicaricardinho.com e conhecer o mais novo passageiro que acabou de embarcar nesse "trem":
Ronaldo Viola: Nascido na Capital Paulista, começou o aprendizado da Viola com apenas 9 anos de idade. Teve uma curta, porém expressiva, Carreira Artística em dupla com João Carvalho e, posteriormente, com Praiano, carreira essa que terminou bruscamente, por ironia do destino, em Julho de 2004, após um total de sete Discos gravados.
Conheça um pouquinho da trajetória desse inesquecível Violeiro que foi Ronaldo Viola.
Com um grande abraço do Ricardinho!


Não perca esse trem! O site

http://www.boamusicaricardinho.com

Sente-se honrado com sua visita!
Visite também os sites/blogs:
Um grande abraço do Ricardinho!

terça-feira, dezembro 11, 2007

Feliz Natal!!
A todos que apreciam a genuína Música Caipira Raiz e/ou a nossa Boa Música Brasileira:
"O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar obstáculos" (Lao-Tsé).
A você e a todos os seus os sinceros votos de um
Felicíssimo Natal e um Ano Novo repleto de realizações.!!
Do amigo Ricardinho de Santo André-SP
Um site que se preocupa com a preservação da Memória Musical Brasileira, com ênfase especial à nossa Música Caipira Raiz. Uma viagem de trem pelo Interior Musical de Nossa Terra e Nossa Gente.


Não perca esse trem! O site

http://www.boamusicaricardinho.com

Sente-se honrado com sua visita!
Visite também os sites/blogs:
Um grande abraço do Ricardinho!

terça-feira, dezembro 04, 2007

Rodrigues Viola e Henrique

Este é o lançamento de uma dupla campeã, ganhadora de vários festivais, bi campeã na cidade de Piacatu...
Abaixo o link para vcs apreciarem esta dupla.
Observamos que as musicas foram disponibilizadas pelos artistas e com a devida autorização para a divulgação
clique e ouça:
Te esperando

Tropeiro sabido

quarta-feira, novembro 28, 2007

Boa Musica Brasileira

Prezado Apreciador:
É com satisfação que convido-o mais uma vez a visitar o www.boamusicaricardinho.com e conhecer os mais novos passageiros que acabaram de embarcar nesse "trem":
Duo Guarujá: Além de terem se unido pelos Laços Matrimoniais, no início da década de 1950, Nilsen Ribeiro e Armando Castro "casaram" também as suas belíssimas vozes, formando essa excelente Dupla que cantou um riquíssimo repertório formado não apenas pela Música Caipira Raiz, mas também por diversos outros Ritmos e Estilos Musicais, além de terem feito enorme sucesso interpretando "Cabecinha No Ombro" (Paulo Borges).
Conheça um pouquinho da trajetória artística dessa inesquecível Dupla que foi o Duo Guraujá.
Conheça também Venâncio e Curumba: Nascidos em Recife-PE, os integrantes dessa excelente Dupla souberam combinar a Moda de Viola com o Repente e o Desafio típicos da Região Nordeste do Brasil, além de terem feito bastante sucesso com o Baião "Último Pau-De-Arara" (José Guimarães - Corumba - Venâncio) que se tornou um Clássico que já foi gravado por diversos excelentes Intérpretes não apenas da Música Regional, como também da "Fina Flor da MPB"!
Conheça um pouquinho da trajetória artística dessa inesquecível Dupla Caipira Nordestina.
Com um grande abraço do Ricardinho!


Não perca esse trem! O site

http://www.boamusicaricardinho.com

Sente-se honrado com sua visita!
Visite também os sites/blogs:
Um grande abraço do Ricardinho!

segunda-feira, novembro 26, 2007

Natal dos Violeiros Matutos

NÃO PERCAM NOSSA FESTA DE FIM DE ANO, VOCÊ QUE AINDA NÃO FEZ SUA RESERVA, NÃO PERCA MAIS TEMPO. VOCÊ NÃO PODE FICAR DE FORA DA NOSSA FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO.
CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS VOCÊS!

Natal dos Matutos no

RANChO DOS MATUTOS

Sábado, dia 08/12/2007 das 13 às 22horas.

Convites à venda!

Valor por pessoa:

R$17,00 + 1k de Leite em Pó (em lata ou de saquinho)

(O convite dá direito a comer à vontade e assistir o show dos Violeiros Matutos. Bebidas serão cobradas a parte!)

Cardápio: galinhada, feijão, canjiquinha com costela e salada.

Tudo feito no fogão à lenha!

Sobremesas: queijadinha e gelatina.

Crianças até 10 anos, não pagam!

(O leite em pó será totalmente doado para entidade VALE DOS LÍRIOS, entidade mantenedora Centro Espírita Irmão X, situada na Rua Macaúba, 250 - Jd. Campanário - Diadema Cep: 09930-270 - (011) - 4091-9148 Jd. Campanário em Diadema/SP.)

Reservas pelo telefone: (11) 6950-0792 com Sérgio.

Só faremos reserva até o dia 01.12.07

Rancho dos Matutos

Rua: Doutor Zuquim, 80 – Santana- São Paulo

Próximo ao Metrô Santana.

ABRAÇOS!

Programa Mosaico

BOA TARDE PESSOAL!
NESSA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA, DIA 30.11.07, NÓS,VIOLEIROS MATUTOS ESTAREMOS NO PROGRAMA MOSAICOS EXIBIDO PELA TV CULTURA ÀS 21HS.
NÃO PERCAM!
ABRAÇOS!

segunda-feira, novembro 12, 2007

Indio Cachoeira

Prezado Apreciador:
É com satisfação que convido-o mais uma vez a visitar o www.boamusicaricardinho.com e conhecer o mais novo passageiro que acabou de embarcar nesse "trem":

Índio Cachoeira: Nascido em Junqueirópolis-SP, esse excelente Compositor e Solista de Viola também "solta" sua voz, cantando em Dupla com Cuitelinho.
Além disso, ele foi também o Pajé, no período de 1995 a 1997, na famosa Dupla com o Cacique (após o falecimento do "primeiro Pajé" em 1994).
Índio Cachoeira também é Luthier e a Viola com a qual se apresenta em seus shows é de sua própria fabricação! Conheça um pouquinho desse excelente Músico no página dedicada aos Solistas de Viola.
Com um grande abraço do Ricardinho!


Não perca esse trem! O site

http://www.boamusicaricardinho.com

Sente-se honrado com sua visita!
Visite também os sites/blogs:
Um grande abraço do Ricardinho!

sexta-feira, novembro 09, 2007

Livro

Mais uma indicação do Cumpadre Elsio e de Seu Irmao Paulinho

terça-feira, outubro 30, 2007

Prezado Apreciador:

É com satisfação que convido-o mais uma vez a visitar o www.boamusicaricardinho.com e conhecer os mais novos passageiros que acabaram de embarcar nesse "trem":

Nízio e Nézio: Nascidos em Delfinópolis-MG e Lençóis Paulista-SP, respectivamente, eles formaram uma dupla que, apesar de ter durado pouco, faz parte da História da autêntica Música Caipira Raiz, tendo atuado no final de década de 1950 e início da década de 1960 nas Rádios Difusora e Bandeirantes de São Paulo-SP, além de ter realizado centenas de apresentações nas mais diversas cidades do Interior e gravado 8 discos 78 RPM!

Conheça um pouquinho da trajetória artística dessa excelente dupla que ficou conhecida carinhosamente como "Os Tenores Do Sertão"!

Com um grande abraço do Ricardinho!!

sexta-feira, outubro 26, 2007

1º Aniversario do Encontro dos Caipiras

Cumpadre, Cumadre!,

Temos um convite especial para você. Venha participar do primeiro aniversário do Encontro dos Caipiras. Por tratar-se de um evento especial, procuramos por um local que possa representar os nossos objetivos. O local escolhido foi a Praça dos Namorados. Um local popular, onde as famílias se reúnem nos finais de semana e feriados. Vamos levar a música caipira raiz para o meio da praça, para o meio do povo.

No dia 15 de novembro estaremos festejando um ano de encontros e realizações. Vamos relembrar os momentos vividos, as músicas cantadas, as histórias, mentiras e causos que nos divertiram e alegraram as nossas noites. Estamos preparando muitas novidades e surpresas. Queremos fazer deste Encontro, um momento inesquecível para todos nós.

Convidaremos todos os violeiros, cantadores e cantadoras que participaram conosco deste primeiro ano e queremos que você convide os amigos e parentes para cantar com a gente. Você já sabe que a entrada é franca, mas diga para os seus amigos e parentes, pode ser que eles ainda não saibam.

Lembre-se que dia 15 de novembro (quinta-feira - feriado - dia da Proclamação da República brasileira), a partir das 18 horas, estaremos na Praça dos Namorados (Praia do Canto - Vitória/ES), festejando o primeiro aniversário do Encontro dos Caipiras. Então, a nossa prosa termina por aqui. Mas na próxima semana teremos mais novidades.

Estão disponíveis no nosso site (www.encontrodoscaipiras.com.br) as fotos do Encontro anterior realizado na Arena Country (Jóquei Clube), em Vila Velha.

Um abraço dos compadres,

José Carlos | Ronaldo | Tranqüillo
www.encontrodoscaipiras.com.br


quinta-feira, outubro 25, 2007

CANCELAMENTO

A TARDE CAIPIRA FOI CANCELADA POR MOTIVOS DE FORÇA MAIOR.
MAS A NOSSA PRÓXIMA FESTA SERÁ DIA 15.12.07- NATAL DOS MATUTOS, NÃO PERCAM!
ESPERO A COMPREENSÃO DE TODOS.
GRATA PELA ATENÇÃO!
ABRAÇOS!
Fabíola Mirella

quarta-feira, outubro 10, 2007

Lançamento

Como diz o cumpadre Elsio - Coisa boa é pra ser divulgado taí.

"Escrito pelo jornalista Sérgio Santa Rosa - Prosa de Cantador, a História e as Histórias dos Cururueiros Paulistas - reúne memórias, causos e versos dos maiores cantadores de Cururú do Estado de São Paulo, em 288 páginas e mais de uma centena de imagens raras. Um trabalho que procura registrar e valorizar a manifestação folclórica paulista e homenagear os artistas populares que dão continuidade a velha tradição caipira.
Projeto contemplado pelo Programa de Ação Cultural da Secretaria do Estado de São Paulo." O cumpadre que se interessar entre no site www.abacateiro.com para se comprar o Livro: http://www.abacateiro.com/detalhes.asp?departamento=10&categoria=25&produto=85
Está a venda também pelo telefone - 014-38827373-ramal-3 ou pelo e-mail: imprensa@fca.unesp.br.
Em tempo, o Cumpadre Elsio é irmão de Paulo H. de Oliveira Jr., que nas palavras do cumpadre Elsio "teve a honra de colaborar com a obra, cedendo várias fotos".

quarta-feira, outubro 03, 2007

LANÇAMENTO

CD Missa Sertaneja - Grupo de Cântico Sol Maior

Saiu o 1º CD deste grupo que acompanha o Pe. João Osmar (Pe. Boiadeiro) em todas suas missas sertanejas. Com belas vozes e cantos religiosos embalados pela Viola Caipira, nos leva a uma viagem pelo nosso sertão e nossa mais pura religiosidade.

Por apenas R$15,00 + despesas postais você pode ter este belo CD.

Ouça algumas músicas pelo endereço: www.cleversondaviola.palcomp3.com.br

Adquira pelo e-mail: violanunesestudio@hotmail.com (com seu nome e e-mail para que possamos enviar os dados de pagamento)


ESPERAMOS VOCÊS E QUE DEUS E NOSSA SENHORA OS ABENÇOE!!!

quinta-feira, setembro 27, 2007

Novos Passageiros no Boa Musica Brasileira

É com satisfação que convido-o mais uma vez a visitar o www.boamusicaricard inho.com , e conhecer os mais novos passageiros que acabaram de embarcar nesse "trem":
Trata-se da dupla Riachão e Riachinho: Nascidos na Fazenda Quincas Dias no municipio de Jimirim-MG, Vitório e Orlando Cioffi, irmãos de Moreno e Moreninho, além de Cantadores, também se celebrizaram na Composição com belíssimas Páginas Musicais tais como "Treze de Maio" (Teddy Vieira - Riachão - Riachinho) e "A Marca da Ferradura" (Lourival dos Santos - Riachão)!
Conheça um pouquinho da Trajetória Artística dessa Dupla que, apesar de ter gravado poucos discos, faz parte da História da Música Caipira Raiz!

quarta-feira, setembro 26, 2007

LUTO

* RÁDIO DE LUTO

“Cumpadi Gerardão”morre aos 75 anos

Foi sepultado na tarde do último dia oito de setembro, sábado, no Cemitério São Pedro, em Tupã o corpo do conhecido radialista Geraldo Adelino Quiqueto, o “Cumpadi Gerardão” que morreu na Santa Casa local na noite anterior, vítima de problemas respiratórios. “Gerardão” iniciou no rádio na década de 60, no quadro funcional da antiga Rádio Piratininga, atual Rádio Tupã-AM, ao lado do irmão, Agenor Quiqueto, também falecido recentemente e atualmente trabalhava na Rádio Clube de Tupã (AM-1320). Também compositor e cantor, “Cumpadi Gerardão” formou o trio “Os Campineiros do Sul”, ao lado do sanfoneiro “Zoratinho” e cantor (também já falecido, em Bastos) Maringá. “Gerardão” era um dos últimos remanescentes da chamada era de ouro do rádio da região, da qual fizeram parte outra três figuras singulares já falecidas da comunicação sertaneja de Tupã: “Nho Bigode”, “Paiozinho” e Dorival Jorge.

* Fonte Jornal "O Regional" - Nilton Mendonça

terça-feira, setembro 25, 2007

Encontro de Violeiros

Japira nos espera!! É isso
mesmo, o próximo Encontro dos Caipiras (11ª edição) será
realizado no dia 29/09/2007 (próximo sábado), a partir das
20 horas, na quadra de esportes de Japira (distrito de
Linhares). Para chegar lá, você deve chegar em Linhares e seguir em
direção a Lagoa Nova. São 8km em estrada asfaltada.

Neste encontro teremos novos
violeiros e cantadores se apresentando. E o grupo cresce a cada
dia!! Nossos artistas já estão com repertório novo para animar e alegrar
todos nós. Se quiser ouvir uma música em especial ou dedicar uma moda de
viola
para uma pessoa também especial, fale com os organizadores no início do
evento.

Como de costume, teremos
o tradicional sorteio do vidro de pimentas produzidas no Sítio do Sossego e
preparadas pelo compadre José Carlos.

Teremos mais novidades para
vocês. O encerramento já foi até ensaiado para que tudo fique nos
conformes.
Homenagearemos a dupla Liu e Léu contando um pouco da sua história e
relembrando
os seus grandes sucessos.

Convide os amigos e parentes,
mas conte para eles que a entrada é franca.

Venham participar desta festa
que uni os caipiras do campo e da cidade.

Um abraço dos
compadres,

José Carlos
Ronaldo Tranqüillo
www.encontrodoscaipiras.com.br

quarta-feira, setembro 12, 2007

Nenete e Dorinho

Informações colhidas no site Boa Musica Brasileira do cumpadre Ricardinho

Waldemar de Franchesi, o Nenete, nasceu em Pirassununga- SP em 1919 e morreu em 1989, vítima de uma tentativa de assalto. Isidoro Cunha, o Dorinho, nasceu em Bernardino de Campos-SP em 18/10/1933 (algumas biografias mencionam Piraju-SP como a cidade-natal de Dorinho, mas na verdade, Piraju-SP é a cidade onde ele foi registrado, três meses depois de nascido).


Nenete já havia participado amadorísticamente da dupla "Nenete e Ditinho" em 1943 em sua Pirassununga natal e já integrou também o "Trio Saudade", com Ninão e Nininho.

Com o "Trio Saudade", chegou a atuar na Rádio Record de São Paulo-SP, no programa "Hora dos Municípios" comandado por Genésio Arruda entre 1947 e 1955.

Nenete também atuou durante 5 anos com o nome artístico de Limeira e formou dupla com Luizinho (Luís Raymundo, nascido em São Paulo-SP em 1916 e falecido também em São Paulo-SP em 1983), tendo atuado durante um ano nos programas "Imagens do Sertão" e "Alma da Terra" na Rádio Tupi de São Paulo-SP.

Luizinho e Limeira foi a famosa dupla que gravou pela primeira vez o célebre "Menino da Porteira" (Teddy-Veira - Luizinho). É preciso ser citado que Luizinho mais tarde desfez a dupla com Limeira (que até então era o Nenete), tendo então convidado seu irmão Ivo Raymundo (nascido em São Paulo-SP em 1924) para cantar com ele, mantendo o mesmo nome de Limeira. Em vez de continuar como dupla, no entanto, eles se juntaram à acordeonista Carmela Bonano (nascida em São Paulo-SP em 1928 e falecida em Perdizes-SP em 1982) e formaram o famoso trio Luizinho, Limeira e Zezinha (foto acima e à direita). Carmela Bonano era descendente de família italiana e foi apelidada de Zezinha ainda na infância.

Conforme menciono também na página dedicada a Luizinho, Limeira e Zezinha, o nome artístico de Limeira, por sinal, já foi adotado por diversos artistas sertanejos, (inclusive o célebre compositor Sulino), provavelmente homenageando a simpática cidade de Limeira-SP, próxima a Piracicaba, no Interior Paulista.

Isidoro Cunha, por outro lado, desde criança, aos 8 anos de idade, já cantava e tocava Cavaquinho. Estreou em 1949 na Rádio Difusora de Ourinhos-SP, cantando no "Trio Bernardinense" . E, no ano de 1950, mudou-se para a Capital Paulista, formando a dupla "Doro e Dorinho" que se apresentou durante algum tempo no programa "Mutirão do Sumaré", comandado pela dupla "Brinquinho e Brioso". A dupla "Doro e Dorinho" também foi vencedora de um concurso na Rádio Record de São Paulo-SP.

E foi no ano de 1954 que Dorinho, participando do Concurso de Violeiros do IV Centenário da Cidade de São Paulo-SP, conheceu Nenete e com ele formou a célebre Dupla Caipira, que gravou o primeiro disco em 1958, com o tango "Meu Perdão" (Braz Hernandez - Zilo), e a rancheira "Teu Castigo" (Ventura Romero - Valdomiro Bariani Ortêncio). Nenete participava da Mesa do Juri nesse Festival.

Tendo se surpreendido com a voz de Dorinho e, há um ano procurando por um parceiro, Nenete convidou Dorinho para que lhe visitasse e a partir daí, nasceu a renomada dupla.

Pouco tempo depois, a dupla "Nenete e Dorinho" passou a ser acompanhada pelo famoso acordeonista Nardelli (Antônio Onofre Figueiredo), que com eles formou um trio de bastante sucesso, que deu um novo ritmo à Música Sertaneja e que foi levado pela professora Dulce Palma de Franceschi à Rádio Tupi, onde fizerem sua estréia como trio.

O trio "Nenete, Dorinho e Nardelli" recebeu inclusive o Troféu Roquete Pinto por seus sucessos. Foi também considerado como o trio mais premiado do Brasil pelos troféus e medalhas que recebeu em sua trajetória artística.

A quase totalidade dos discos de "Nenete, Dorinho e Nardelli" foi gravada na RCA (atual BMG), gravadora da qual em 1966 Nenete foi também nomeado produtor, cargo que ocupou até o ano de 1971, e no qual supervisionou diversas duplas que se tornaram célebres, dentre as quais "Leo Canhoto e Robertinho" e Belmonte e Amarai, dentre outras.

"Nenete, Dorinho e Nardelli" fizeram sucesso com composições dos próprios integrantes do trio, como foi o caso de "O Cantar Da Siriema" (Nardelli - Nenete), "Recordação" (Nenete - Goiá) (da qual o Apreciador ouve um trecho no momento em que acessa essa página), "A Seca Do Nordeste" (Nenete e João Pacífico), "Goiano Valente" (Nenete - Piraci), "Minha Boiada (Nenete - Nardelli), "Saudades De Pirassununga" (Nenete - Margarida Padilha), "Flor Do Campo" (Nízio - Nenete), além de belíssimas composições de outros autores como por exemplo "Belezas Do Sertão" ( João Pacífico), "Bom Exemplo" ( Nonô Basílio - Piraci), "A Incruziada" ( Angelino de Oliveira), "Trenzinho Malvado" (Pitangui - Carlos Armando Pascoalim), "No Mundo Da Lua" (Ângelo Reale - Capitão Furtado), "São Gonçalo" ( Palmeira - Piraci), "Conselho De Amigo" ( Nonô Basílio - Tito Neto) e "Maria" ( Anacleto Rosas Jr. - Luís Rosas), apenas para citar algumas.

Nenete e Dorinho gravaram na RCA (hoje BMG) por 16 anos e gravaram ainda mais 3 discos na Continental (hoje Warner) tendo sido ao todo um total de 20 LPs e mais de 30 discos 78 RPM. Após gravar mais um disco na Copacabana, Nenete resolveu parar com o trabalho por motivos de saúde.

Dorinho e Nardelli formaram então, juntamente com Reinaldo Benediti (Maracá) o trio "Maracá, Dorinho e Nardelli", trio esse que gravou mais dois LP's. E, por motivos particulares, Nardelli deixou o trio e foi substituído por Pontelli no ano de 1970. O novo trio gravou então mais dois discos pela Phillips (hoje Universal) e encerrou as atividades em 1975.

Dorinho se casou com Iara Benedeti Cunha (nascida em Campinas em 1958), filha de Maracá e, a partir de então, passaram a cantar juntos.

E, em 1989, ocorreu o trágico falecimento de Nenete, conforme já foi mencionado.

Em 1994, Dorinho e Iara se profissionalizaram e convidaram João Pontel, o Pontelli, e foi criado então um novo trio: "Dorinho, Iara e Ponteli".

E hoje Dorinho segue em frente com os companheiros de palco Iara e Ponteli, integrando o trio "Dorinho, Iara e Ponteli", o qual já gravou dois CDs e já e apresentou inclusive no Viola Minha Viola, programa que vai ao ar aos Sábados e Domingos pela TV Cultura de São Paulo-SP, produzido por Rivaldo Corulli e apresentado pela "Madrinha" Inezita Barroso.


terça-feira, agosto 28, 2007

Vadico e Vidoco

Informações colhidas no site Boa Musica Brasileira


Milton Passos, o Vadico, é natural de Olímpia-SP. João Nietto, o Vidoco é natural de Pirangi-SP e, de início, formou uma dupla juntamente com seu irmão.

Foi no ano de 1959 que Milton e João se conheceram na Capital Paulista e começaram a cantar juntos, nascendo então a dupla que ficou conhecida como a "Dupla Café Com Leite" (título pelo qual também é conhecida atualmente a dupla Mococa e Paraíso).

Sulino e Marrueiro levaram a jovem dupla "Vadico e Vidoco" aos estúdios da Rádio Nacional de São Paulo-SP. E foi com a ajuda do Compositor e Radialista Anacleto Rosas Jr. que eles foram contratados pela gravadora Copacabana, onde gravaram pelo selo Sabiá os dois primeiros discos 78 RPM e o LP "Relíquias de Amor".

Vadico e Vidoco, com suas belíssimas vozes, as quais possuíam certa semelhança com as vozes de Tonico e Tinoco, foram ganhando prestígio no meio artístico, reconhecidos como grandes Violeiros.

A dupla se apresentou nas Rádios Tupi, Aparecida e Record, além terem realizado "tournées" em circos pelo Interior Paulista, além dos Estados do Paraná, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso. Vadico e Vidoco também se apresentaram na TV Tupi e na TV Globo.

Vadico e Vidoco chegaram se separar por um curto período de tempo e, na ocasião, Vidoco chegou a formar dupla juntamente com José Vieira, o Abel, que na época ainda não havia formado com seu primo Sebastião Silva a famosíssima dupla Abel e Caim.

Vidoco convidara o José Vieira que tinha a voz parecida com a voz do Vadico. Atuaram juntos em alguns programas de rádio e shows em circos, até que apareceu uma oportunidade para gravarem um disco.

Vidoco, no entanto, achou melhor chamar o antigo parceiro, sem nada ter dito ao José Vieira. Este, por sua vez, quando chegou ao estúdio de gravação na hora combinada e soube que o Vidoco já havia feito a gravação com o "Vadico original", decidiu então deixar a dupla.

Ao que consta, a dupla Vadico e Vidoco gravou apenas 2 discos 78 RPM e 5 LP's. Eis abaixo a relação das quatro Músicas que foram gravadas pela dupla em seus dois primeiros "bolachões" 78 RPM, pela gravadora Sabiá:


"Envergonhado" (Valseado) (Luiz Rosas Sobrinho - Anacleto Rosas Jr.)
Número: S-580-A
Matriz: M-3181

"Folha Da Espada" (Moda de Viola) (Anísio José Teodoro - Vadico)
Número: S-580-B
Matriz: M-3182

"Desprezo" (Arrasta-Pé) (Tuta - José Russo)
Número: S-601-A
Matriz: M-3364

"A Moda Dos 30" (Cateretê) (Anacleto Rosas Jr. - Ivo Signorini)
Número: S-601-B
Matriz: M-3365


Quero aqui destacar o CD "Mágoa de Boiadeiro", o qual foi lançado inicialmente como LP em 1969 e, ao que consta, parece ser o único disco de Vadico e Vidoco que foi remasterizado e se encontra à venda no formato de CD. Destaque para as belíssimas interpretações de "Zulmira" (Vadico - Vidoco), "Desprezo" (Tuta - José Russo), "Gaiola de Ouro" (Marrueiro - Bolinha), "Zé da Carolina" (Goiá - Leonardo Amâncio), "A Muié do Tião" (Zulmiro), "A Volta do Menino" (Tanabi), além da faixa-título "Mágoa de Boiadeiro" (Índio Vago - Nonô Basílio) e também a belíssima "Mãe Amorosa" (Tanabi - Aleixinho) (a Música cujo trecho o Apreciador ouve ao acessar essa página), que foi o maior sucesso de Vadico e Vidoco, tendo sido gravado também por excelentes intérpretes do quilate de Abel e Caim, Pedro Bento e Zé da Estrada e Sérgio Reis, apenas para citar alguns.

O encarte do LP original, e também do CD, traz o seguinte comentário do Radialista Nhô Zé (a pedido do Compositor e Radialista Geraldo Meirelles):

"Meu Caro Geraldo Meirelles: Foi com indizível alegria que recebi o convite para escrever duas palavras que servissem de intróito ao novo LP de Vadico e Vidoco, a conhecida e mais que apreciada 'Dupla Café Com Leite'. Pois bem. Não será necessário adjetivar evasivamente para apresentar esse trabalho. Direi apenas, com toda sinceridade, tratar-se, sem dúvida alguma, de uma das grandes duplas da 'Capital dos Violeiros', diferente de verdade e com características absolutamente suas. Dona de um repertório caprichosamente escolhido, já vem conseguindo o seu lugarzinho ao Sol, pois conta com apreciável legião de apreciadores o que, de certa forma, a coloca em situação privilegiada. Vadico e Vidoco, como muitos cartazes sertanejos contemporâneos, ensaiou seus primeiros passos na vida artística ao nosso lado, na velha 'Alvorada Cabocla' da Rádio Nacional e, desde seu início, já prevíamos que seria dessa forma. Temos certeza, portanto, que esse novo LP da 'Dupla Café Com Leite' será um sucesso e, por esse motivo, felicito o selo Sabiá pela aquisição e você, meu caro amigo, pela feliz escolha."

Nhô Zé
São Paulo, Janeiro/69

Como "nem tudo é perfeito", esse CD tem apenas um "pequeno defeito", já que tem na capa apenas o nome das Músicas, na ordem correta, não citando no entanto o nome dos Compositores das mesmas. De resto, porém, é um disco que não pode faltar na coleção de quem aprecia a Música Caipira Raiz!

Vadico faleceu no dia 01/02/1989 vítima da doença de Chagas. Vidoco faleceu 15 anos depois, em 18/10/2004, em Itapira-SP, cidade na qual já foi Vereador e recebeu o título de Cidadão Itapirense.

E, conforme consta na Ata da 34ª Sessão Ordinária, no dia 18 de Outubro de 2004, na cidade de Itapira-SP, o Vereador Dirceu de Oliveira fez o seguinte pronunciamento:

"Hoje, nesta Casa, houve o velório de um grande Músico de Itapira-SP, Cantor de Música Raiz, Sr. João Vidoco Nieto. O Vidoco, como era conhecido, gravou Músicas juntamente com seu companheiro Vadico. Ele foi Vereador e teve grande Participação Legislativa. Ele fez vários programas na Rádio Clube, teve grande importância para a cidade e, nada mais justo, esta Casa suspender os trabalhos em homenagem a este Grande Cidadão. Portanto, quero requerer ao Presidente da Câmara para que, com a anuência do Plenário, encerre os trabalhos em homenagem ao nosso Vidoco."

E tal requerimento verbal foi colocado em votação e... Aprovado por Unanimidade!



Obs.: As informações contidas no texto dessa página são originárias da excelente Revista Viola Caipira, editada pelo Pinho em Belo Horizonte-MG, e também do site da Câmara Municipal de Itapira-SP.

sexta-feira, agosto 24, 2007

Video

Baltazar e Daniel Viola

Coisa linda




Bom Final de Semana

sexta-feira, agosto 10, 2007

Lançamento


Mais uma vez é sexta feira e dia da gente divulgar novidades... quero falar hoje de um pessoal de Birigui, a capital nacional do calçado infantil. Trata-se de Cido Teixeira e Giovani.
Uma dupla muito boa como os cumpadres poderão apreciar neste link.

prisioneiro



















Vale um destaque especial para a participação do grande violeiro Rodrigues Viola, que fez o arranjo e tem participação na parte instrumental.
Telefone para contato: (018)3642-3167 - Giovani em horario comercial.
e-mail: cd-on@ig.com.br

terça-feira, agosto 07, 2007

Um de ano de Viola Enluarada

Ha exatamente um ano iniciava o blog Viola Enluarada, como disse no dia 07 de agosto de 2006, um blog simples, humilde. Neste ano que passou ele não mudou muito, mas, pelo menos é o que eu acho, conseguiu fazer aquilo que estavamos empenhados na época, que é a defesa da musica caipira, a divulgação de novos artistas e a preservação deste modo de vida... para muitos até saudosista do caipira. Muito obrigado a cada um que visitou o nosso blog, a cada comentario. Muito obrigado mesmo. E pra comemorar este primeiro aniversario, vai acontecer um encontro de violeiros amadores, no Palco da Praça de Rinopolis no dia 11 de agosto, sabado proximo...coisa simples, assim como o nosso blog. Mas estão todos convidados.

Que Deus pela intercessão de São Gonçalo abençoe a cada um de vcs e aos seus.

sexta-feira, agosto 03, 2007

Luis Carlos Mordegane


Nascido em São Bernardo do Campo - SP, casado, funcionário público municipal, escritor e poeta. Começou a escrever jovem ainda, porém, só atreveu-se a sair do anonimato no início de 2001 quando adentrou as veredas da poesia chegando aos contos e crônicas.

Seus escritos abrangem desde o social ao amor, sempre sob a ótica da cidadania consciente e do poeta romântico que é. Luís Carlos retrata o ergástulo d'alma com propriedade. Entende, que todo texto, tendo cunho social ou não, é formador de opinião e resgata valores morais, éticos e sociais.

Dentro de um mundo racional e capitalista, competitivo, os textos podem também resgatar a essência do amor. Luís Carlos Mordegane é membro do Movimento Poético Nacional e, é também, autor de três livros impressos: Eu, Um Velho Menino; A Casa do Fim da Rua e A Magia Dos Rondeis de Um Velho Menino. Participou ainda de diversas antologias.
Conheça mais sobre o autor no Site do Poeta

Abaixo uma bonita poesia deste grande poeta:

Véia Porteira

Cum fogo foi entaiado,
No tronco da painera,
Teu nome gravado
Lá perto da véia portera.

Era um amô pra vida intera!
Com carinho e bejinho trocado,
Cum chero da frô di laranjera,
Cabelo bunito, como as frô do serrado.

Mais o destino é gozado.
Era São João, noite de foguera,
Nosso triste rumo foi ali marcado...
Nem as preces da véia rezadera

Podi ti sarva da sorte derradera.
Foi uma correria pra modi pega o danado,
Mas já tinha ele feito ali a bestera.
Com ciúme, um cabra mar amado,

Féiz um baze c`um chororo pra todo lado!
Atirô no meu amô, la da ribancera,
Cum inveja d'eu se dela namorado.
Onde ta a cabocla facera

Que tinha o chero da frô de laranjera?
Que é dona do mio sapatiado?
Assim, naquele dia, no pé da manguera
Foi minha frô no chão friu interrada.

Inda mi lembro d`ocê sumindo
Lá no arto da ladera...
Teu rastro ia seguindo
C`o coração sangrano, arrastano na poera.

Foi ansim que o destino gozadô,
Como um sopro de vento, entro na minha tapera
Feiz deste caboclo um sofredô...
Das lembrança daquela frô di laranjera
Fico teu nome entaiado no tronco da painera.

Luís Carlos Mordegane

quinta-feira, agosto 02, 2007

Praião e Paulinho

Mais uma indicação do cumpadre Cleber Vianna, do Site Casa dos Violeiros
vale a pena dar uma olhada nesta pagina e conhecer um pouco sobre este cumpadre que muito tem colaborado com a musica raiz. Cleber Vianna

sexta-feira, julho 27, 2007

Adryan e Fernando

Adryan e Fernando, são crias de Rinópolis, e estão começando a carreira de cantores. Com estilo voltado para a musica sertaneja romantica, eles passeiam com uma liberdade impar, interpretando os sucessos lançados pelas grandes duplas sertanejas. Tendo feito aberturas de Shows de várias duplas na região já estão ficando com a agenda lotada, haja visto o sucesso que eles têm feito. Contato para Shows (18)35831511
e-mail: adrianefernando@yahoo.com.br

Comunidade no orkut http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=122533737201022899

Segue abaixo uma demonstração da dupla Adryan e Fernando
clique aqui e ouça a dupla

quinta-feira, julho 26, 2007

Novidade

Olhem o que o cumpadre Cleber Viana do site Casas dos Violeiros enviou pra mim, e quero agradeceR ao cumpadre por estar sempre divulgando nossos violeiros.
QUE DEUS, PELA INTERCESSÃO DE SÃO GONÇALO, ABENÇOE A TI E TODA A TUA FAMILIA
.

Numa produção do Viola Brasil Produções, com Chico Lobo e Ângela Lopes, fotos de Kika Antunes e arte de Ana Paula, participação de músicos como Dimas Soares, Rogério Delayon, Mateus Bahiense, Ricardo Gomes, André Siqueira, Frank Júnior e Aurélia Rocha. Uma linda congada com, o ícone da música regional brasileira, Rubinho do Vale e uma folia de reis com o grande Chico Lobo, o violeiro Lázaro Mariano acaba de gravar o seu primeiro CD intitulado IDENTIDADE CAIPIRA. Curtam a 2ª faixa (Baile de Lona) no SITE www.palcomp3.com.br.
CONTATOS- lazzo.violeiro@gmail.com ou lazaro_mariano@hotmail.com

terça-feira, julho 24, 2007

Tião Carreiro e Pardinho

Um momento maravilhoso conseguido com o cumpadre Luciano Queiroz do site www.lucianoqueiroz.com é uma gravação caseira de Tião Carreiro e Pardinho, feita em 1991 numa churrascaria em Ituiutaba - MG


sexta-feira, julho 20, 2007

Rosalina Meira Machado

Existem pessoas que passam pelo mundo e ninguém percebe, existem pessoas que Deus coloca na vida da gente para que possamos aprender com elas e às vezes nós não percebemos e não damos a devida importância à essas pessoas.
A Rosa foi uma dessas pessoas... sempre de bom humor, mesmo nas horas difíceis ela nunca deixou transparecer o seu sofrimento... sempre alegre... firme... nas rodas de viola ao lado de seu companheiro, o Mauro Viola ela cantava, brincava...e é claro tomava a cervejinha gelada...
Eu tenho certeza de que Rosalina Meira Machado chegou no céu...cantando e sendo recepcionada por São Gonçalo do Amarante...
Fica registrado aqui o nosso pesar, mas fica a boa lembrança... e aquela sensação de que perdemos muito tempo... em não aproveitar as horas em que estavamos perto... para aprender com o seu jeito de ser.

Rosa. Saudades... Sua falta dói, mas sua lembrança nos reanima. Exemplo de aproveitamento da vida, alto astral até os últimos momentos. Agora é um ser encantado (Prof. Aureo)



Felicidade não se compra na loja da esquina. Adquire-se com o passar do tempo, mesmo que sejam em poucos momentos. A sensação de eternidade permanece. Mauro, João, minha mãe e Rosa (saudades).(Professor Aureo)

Lançamento

Mais uma vez é sexta feira e dia da gente divulgar novidades... quero falar hoje de um pessoal de Birigui, a capital nacional do calçado infantil. Trata-se de Cido Teixeira e Giovani.
Uma dupla muito boa como os cumpadres poderão apreciar neste link.

prisioneiro



















Vale um destaque especial para a participação do grande violeiro Rodrigues Viola, que fez o arranjo e tem participação na parte instrumental.
Telefone para contato: (018)3642-3167 - Giovani em horario comercial.
e-mail: cd-on@ig.com.br

quarta-feira, julho 18, 2007

Eu sei que ja falei sobre este cidadão mas nunca é falar demais de quem mereçe. Com voces





João Vilarim


Violeiro, cantor, compositor e arranjador.

O seu trabalho é inspirado na música regional – do interior de São Paulo, Minas Gerais, norte do Paraná, Goiás e Mato Grosso – MPB e world music. Em seus arranjos busca a fusão de instrumentos como a viola caipira, violino, contra baixo, flautas e percussão.

A opção pela harmonia simples e melodias suaves ditadas pelo violino mistura-se com o som grave do baixo que forma um casamento harmônico com a viola caipira, dando um contexto exótico às suas composições, fazendo com que a sua poesia agregue-se a este contexto musical.

A parceria com seu irmão Antonio Carlos, Nico, atravessa mais de uma década de boas idéias, incluindo em seus temas ecologia, filosofia; espiritualidade e a vida caipira. A busca pela linguagem simples faz com que as idéias sejam passadas de uma forma clara e objetiva.

Em seu repertório além de suas composições, interpreta músicas de grandes nomes como Renato Teixeira, Almir Sater, Tião Carreiro, Rolando Boldrin, etc.

Iniciou seus estudos musicais aos doze anos aprimorando-se no contra baixo e viola caipira. Teve como mestres Valdevido de Souza, Antonio Marcos Conceição, Celso Pixinga, etc.

Leciona viola caipira, teoria musical e demais instrumentos de corda em sua residência, em oficinas culturais e na escola de música NAM - Núcleo de Arte Musical, na zona leste de São Paulo.

É autor de um conjunto de métodos de ensinopara viola caipira:

  • A viola caipira sem mistérios: método teórico e desenvolvimento técnico para viola caipira;
  • Ponteio Caipira: repertório para viola caipira - contendo 3 volumes de músicas caipira totalizando 600 canções dos mais diversos compositores e interpretes da música caipira;
  • Toque de viola: contendo introduções de musicas caipiras;
  • Ponteio caipira 2: músicas soladas na integra para viola caipira.

Este material didático abrange o estudo da viola caipira de um modo prático, tratando de assuntos como: técnicas, escalas, ritmos, teoria musical e ponteios.

Como instrumentista, em seus trabalhos anteriores destaca-se: “BANDA KRIG-HÁ, BANDOLO!”, que foi fundador e participava como baixista e violeiro, banda esta que interpretava a obra de Raul Seixas.

Acompanhou a cantora paranaense Erimeide Zanchettini por dois anos contando com a sua primeira participação no programa “VIOLA MINHA VIOLA” da TV CULTURA, e também o violeiro paranaense Alecir Carrigo, ambos como violeiro, violonista e baixista.

Com o poeta popular Costa Senna, dividiu o palco no show “Cantos e cordéis”, apresentando-se em faculdades e eventos culturais.



Acompanhou a dupla
caipira Liu e Léu em algumas apresentações como violeiro.

Além de seu trabalho solo, desenvolveu junto a Associação Cultural Brasil Inkas seu primeiro CD, onde interpreta músicas caipiras com um “toque” andino ( Charango, quenas e sampoña ), em arranjos desenvolvidos por ele.

Em suas apresentações com seu trabalho destacam-se:

  • 6 apresentações no programa “VIOLA MINHA VIOLA”;
  • Festival canta São Paulo, em duas edições;
  • SESC;
  • Festival Ibero Americano;
  • 4ª musical no Shopping Anália Franco, abrindo o show para Dominguinhos;
  • Projetos Bairro a Bairro apresentando-se várias bibliotecas casas de cultura;
  • Projeto Arte nas Ruas - prefeitura de São Paulo;
  • 4ª musical projeto Itaú metrô;
  • VI mostra de arte, Biblioteca Ipiranga;
  • Circuito de Casas de Cultura de Diadema;
  • 2ª grande festa country e sertaneja, abrindo o show do cantor sertanejo Marciano.

Seu trabalho já sofreu neste período de tempo algumas transformações desde seu início, mas nunca comprometeu sua qualidade.

Inicialmente era formado por: ALESSANDRO FERREIRA - violão e vocal de apoio; MARCOS ZANDA - violino e percussão; FERNANDO MARINHO - baixo; CLÁUDIA SPERB - teclado; ANDRÉ GEORGES - bateria.

Hoje o quadro de músicos que o acompanha forma-se assim:

  • FERNANDO MARINHO – contrabaixo
  • FABINHO – violão
  • GEOVANI – percussão
  • MARCELO SCHINEIDER – violino

E eventualmente:

  • WILLIAM LABECA – piano e teclados
  • JOSÉ CARLOS RODRIGUES – flauta

Está em fase de divulgação de seu 2º Cd e 1º trabalho solo, que contará com canções de sua autoria e Antônio Carlos. Onde participam 12 instrumentistas. Viola caipira, violão, baixo percussão, cordas, metais, harpa paraguaia, flautas, piano e outros instrumentos forão utilizados neste trabalho.

Dentre elas destacam-se:

  • Fim dos heróis - música que retrata o fim dos boiadeiros e a herança que nos deixaram;
  • Um sonho e um segredo - ...nossos sonhos e nossos segredos diante o auto conhecimento;
  • Capão do embira - este é um chamamé que foi feito em homenagem ao córrego que corta a Vila Formosa, bairro em que nasceu;
  • Canoeiro do Tietê - canção com tema voltado à ecologia que nos transporta ao leito limpo deste rio em tempos idos;
  • Chuva - nos dita que as águas vindas em forma de torrentes e devastações são as mesmas que faz o verde brotar;
  • Jardim dos Sentidos - é a canção que dá o título ao CD e que retrata a presença de Deus: em tudo está, tudo transforma, em tudo permuta...


1 - Canoeiro do Tietê

2 - Água e sal

3 - Chuva

4 - Ao longo das eras

5 - Fim dos heróis

6 - Capão do Embira

7 - No laço da viola

8 - Um sonho e um segredo

9 - No bojo do jacarandá

10 - Seguindo os passos da

imaginação

11 - Pedaços de chão

12 - Jardim dos sentidos

JARDIM DOS SENTIDOS

Este é o nosso primeiro trabalho com composições próprias. Escolhemos um repertório eclético dentro de nosso universo musical e procuramos unir as poesias, melodias e harmonias dentro de ritmos diversificados. Quando entramos em estúdio já tínhamos uma base pré definida pelos arranjos, fomos moldando gradativamente as canções e a cada nota que colocavamos a impressão de enriquecimento harmônico era surpreendente. Agradeço a ajuda de meus GRANDES AMIGOS e GRANDES MÚSICOS que colocaram, cada qual a seu modo, um toque de carinho e responsabilidade em cada faixa gravada.



Músicas 1, 4, 5, 6, 7, 8 e 9: João Vilarim
Músicas 2, 3, 10, 11 e 12: João Vilarim e Nico
Voz, viola caipira, violão e percussão: João Vilarim;
Contrabaixo:
Fernando Marinho;
Flauta: Drº José Carlos;
Violino, viola e violoncello: Marcelo Schineider;
Piano e teclados: Willian Labecca;
Sax: Sumé;
Gaita:
Marcelo Soria;
Harpa paraguaia: Dario Andino;
Berrante: Edson Araçatuba;
Bateria: João Carlos (Cabeças) ;
Arranjos de base: João Vilarim;
Arranjos de cordas: João Vilarim, Marcos Zanda e Marcelo Schineider;
Mixagem, masterização, técnica: João Carlos (Cabeças);
Produção: João Vilarim e Jesus Anibal
Associação Cultural Machu Picchu - Cuzco;
Produção Fonográfica:
Gravadora e Editora Brasil Inka's

Para comprar: (xx11) 6911-2604 / e-mail:
joaovilarim@terra.com.br
vilarim@ponteiocaipira.com.br